Este elemento tem seu nome derivado do latim alumen e há registros de seu uso desde o tempo das sociedades grega e romana. O alumínio é um metal representativo encontrado no grupo 13 (grupo do Boro) da tabela periódica. Possui número atômico 13 e número de massa 26,98 u.a. Foi primeiramente obtido por Hans Christian Orsted, um químico dinamarquês, em 1825, porém de forma impura passando a ser realmente isolado por Friedrich Wohler em 1827, sendo este também responsável por obter pela primeira vez um composto orgânico em laboratório, a ureia.

Algumas de suas principais características estão listadas abaixo:

  • É sólido na temperatura ambiente;
  • Possui boa resistência à corrosão;
  • Reage rapidamente com o oxigênio formando óxido de alumínio;
  • É um metal dúctil e maleável;

O alumínio que é considerado o elemento metálico em maior quantidade na Terra é obtido naturalmente a partir de alguns minérios e o principal deles é a bauxita. Outros minérios onde ele é encontrado também possuem grande valor comercial por serem considerados pedras preciosas como por exemplo o rubi e a safira. O Brasil possui reservas de minérios de bauxita enormes como a de Poços de Caldas (MG) e também jazidas de pedras preciosas. Porém não está entre os principais produtores deste minério.

As aplicações do alumínio são as mais diversas.

Seja pela anodização ou pela pintura, o alumínio assume a aparência adequada para aplicações em construção civil, por exemplo, com acabamentos que reforçam ainda mais a resistência natural do material à corrosão.

Ao mesmo tempo em que o alumínio possui um alto grau de maleabilidade, ele também pode ser trabalhado de forma a aumentar sua robustez natural. Com uma resistência à tração de 90 Mpa, por meio do trabalho a frio, essa propriedade pode ser praticamente dobrada, permitindo seu uso em estruturas, com excelente comportamento mecânico, aprovado em aplicações como aviões e trens.

O alumínio tem uma autoproteção natural que só é destruída por uma condição agressiva ou por determinada substância que dissipe sua película de óxido de proteção. Essa propriedade facilita a conservação e a manutenção das obras, em produtos como portas, janelas, forros, telhas e revestimentos usados na construção civil, bem como em equipamentos, partes e estruturas de veículos de qualquer porte. Nas embalagens é fator decisivo quanto à higienização e barreira à contaminação.

O alumínio é um excelente meio de transmissão de energia, seja elétrica ou térmica. Um condutor elétrico de alumínio pode conduzir tanta corrente elétrica quanto um de cobre, que é duas vezes mais pesado e, consequentemente, caro. Por isso, o alumínio é muito utilizado pelo setor de fios e cabos.

O metal também oferece um bom ambiente de aquecimento e resfriamento. Trocadores e dissipadores de calor em alumínio são utilizados em larga escala nas indústrias alimentícia, automobilística, química, aeronáutica, petrolífera, etc. Para as embalagens e utensílios domésticos, essa característica confere ao alumínio a condição de melhor condutor térmico, o que na cozinha é extremamente importante.

Uma das principais características do alumínio é sua alta reciclabilidade. Depois de muitos anos de vida útil, segura e eficiente, o alumínio pode ser reaproveitado, com recuperação de parte significativa do investimento e economia de energia, como já acontece largamente no caso da lata de alumínio. Além disso, o meio ambiente é beneficiado pela redução de resíduos e economia de matérias-primas propiciadas pela reciclagem.

unnamed